PREFEITURA MONTA ALOJAMENTO PARA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA

A Prefeitura de Magé, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, montou um alojamento para os moradores em situação de rua na última segunda-feira (23). Cerca de 37 pessoas estão em isolamento e protegidos contra a pandemia do novo Coronavírus, na E.M. Professora Geralda Izaura Ferreira Telles, localizada no Parque Santana, sexto distrito.

Os moradores levados para o alojamento estão recebendo vacinação, material de higiene, água, colchão, cobertor, travesseiro, refeições diárias e acompanhamento por assistentes sociais, equipe de enfermagem, educadores sociais e representantes da Defesa Civil.

“Começamos os serviços de acolhimento aos moradores de rua, então criamos um alojamento com todas as condições necessárias junto as Secretarias de Saúde e Defesa Civil, dentro das determinações da Secretaria de Estado de Saúde. É importante frisar para a comunidade que todas as pessoas que serão acolhidas aqui, estarão em isolamento, e o decreto nos permite que eles estejam aqui compulsoriamente e isolados. Então, eles vão serão vacinados, estão tendo todo aparato de higiene e alimentação, mas não poderão voltar para o convívio das ruas”, explicou a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Álison Brandão.

No Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP), as pessoas realizaram cadastro com a equipe do Consultório de Rua, e em seguida foram levadas para o alojamento.

“O Centro Pop é a referência dessas pessoas que usam as ruas como espaço de moradia, onde eles têm acesso à alimentação, serviços de saúde, retirada de documentos etc. Quando se fala em pandemia, essas pessoas são muito vulneráveis porque elas estão nas ruas sem nenhum tipo de abrigo, e hoje nós estamos tentando fazer com que essas pessoas tenham acesso aos serviços de saúde, tirando elas dessa situação de vulnerabilidade”, explicou o coordenador do Centro Pop, Rodrigo Sagrillo.

A coordenadora da Proteção Social Especial, Mônica Oliveira ressaltou a importância do trabalho realizado pela Assistência Social.

“A Assistência está aqui se articulando com a Saúde para atender a população de rua da melhor maneira possível. Essa não é uma preocupação de pandemia, é uma preocupação da política pública, nós já acompanhamos esse público, tanto que não tivemos dificuldade com a triagem porque nós já conhecemos os casos. Todos que estão vindo, nós já temos conhecimento da questão social de todos, exceto os novos que podem estar vindo”, disse a coordenadora.

“A pessoa em situação de rua que estiver no sexto distrito terá que procurar o Centro POP, e a equipe realizará uma intervenção antes de levar para o alojamento, porque às vezes a pessoa tem família ou está passando por algum conflito. Já as pessoas localizadas no primeiro distrito terão que procurar o CREAS, para realizarmos todo atendimento e encaminharmos para o alojamento, se houver necessidade”, finalizou Mônica Oliveira.

Serviço:

Centro POP
Rua Mário de Brito, nº 119, em Piabetá
Funcionamento de segunda a sexta, das 8h às 18h

Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS)

Rua Teotônio Botelho do Rego, nº 29, Centro – Magé
Funcionamento de segunda a sexta, das 9h às 17h

Fotos: Marcelo Dias

DEIXE UMA RESPOSTA