IDOSOS VENCEM A COVID-19 EM MAGÉ

Município produz série de vídeos com depoimentos de pessoas que se recuperaram da doença

Seis em cada 10 altas do Centro de Tratamento para a Covid-19 são de pacientes idosos. Os números fazem parte das estatísticas da unidade, que é o hospital de campanha de Magé, inaugurado em 17 de abril pela Prefeitura.

Celso Luiz Mendes, aposentado de 62 anos, contou que passou por uma peregrinação com a mãe Cremilda de Paula, que contraiu a Covid-19 aos 86 anos:

“Ela foi internada lá em Guapimirim. Ela foi muito desenganada pelo médico, no particular. Meu sobrinho, que estava de carro com minha irmã foi quem falou: – Vamos tirar ela daqui, tá tudo errado aqui. Ela foi bem tratada aqui em Santo Aleixo”, disse.

Clique aqui e confira todos os depoimentos do projeto #Eu Venci o Corona em nossa página no Facebook

Para o aposentado Jocelyn Cabo de Abreu, de 75 anos, o atendimento da equipe médica fez toda a diferença na sua recuperação. “Eu fiquei internado pouco mais de 15 dias (no Centro de Tratamento para Covid-19 em Santo Aleixo). Fui em Suruí (Unidade Mista 24h de Suruí), que é modesto mas muito bem equipado. A Dra. Amanda me atendeu e disse que meu estado era muito grave, fui internado e transferido para o hospital de Santo Aleixo. Imediatamente começou um processo de tratamento que não vejo talvez uma rede privada que pudesse fazer um atendimento daquele. Não é pela questão de recurso, mas pela qualidade das pessoas. Muito da minha recuperação tem dessa atenção, não apenas a minha melhora mas de todos que estavam ali. Vi bastante gente que chegou muito mal e saiu bem de lá”, relatou ele que é morador da Taquara, em Duque de Caxias.

 

Só em junho deste ano das 19 altas registradas, 11 foram de pacientes acima dos 60 anos. “Temos uma preocupação com os pacientes do grupo de risco e vemos isso em todas as campanhas de prevenção, justamente pela fragilidade de saúde que os idosos apresentam e a gravidade com que a Covid-19 pode se manifestar. Mas hoje temos esse resultado que é fruto de um trabalho de excelência desenvolvido pelos nossos profissionais”, comemora a secretária de Saúde, Carine Tavares. 

A unidade foi um projeto que saiu do papel em tempo recorde. “Com a emergência da pandemia, a gente fez uma reunião nos primeiros dias de março, com nosso comitê formado por profissionais da Secretaria Municipal de Saúde que listaram as necessidades, assim que os primeiros casos começaram a aparecer em nosso estado. E o nosso Centro de Covid foi uma das primeiras, já que a gente precisava se preparar com um isolamento para os pacientes mais graves, então criamos nosso hospital de campanha com recursos próprios”, explicou o prefeito Rafael Tubarão, que optou pelo remanejamento da Policlínica para o Centro Administrativo do 2º distrito, criando a Unidade 24h de Santo Aleixo, e instalou o Centro de Covid-19 nas antigas instalações da Policlínica.

DEIXE UMA RESPOSTA